O nosso website usa cookies para que possamos melhorar sua experiência. Saiba mais sobre os nossos cookies

Aceito
Alorexyl 50mg/ml Solução Cutânea 60ml
Alorexyl 50mg/ml Solução Cutânea 60ml

Alorexyl 50mg/ml Solução Cutânea 60ml

Medicamento indicado na queda de cabelo excessiva, em homens.

Ref. 5316211
14,90 €
Com IVA

Compre

Portes Grátis para Portugal Continental. Veja as restantes opções:

 Calcular o custo de envio

Descrição

Alorexyl está indicado no tratamento da queda de cabelo masculina, designada por alopécia androgenética, e da alopécia areata, vulgarmente conhecida por pelada. Destina-se apenas para aplicação no couro cabeludo.

Substância activa: 1 ml de solução contém 50 mg de minoxidil. 

Após aplicação tópica, o minoxidil estimula in vitro e in vivo o crescimento do queratinócito, juntamente com o crescimento capilar em certos indivíduos com alopécia androgénea. Este fenómeno ocorre após aproximadamente 2 meses de utilização do produto, e varia de acordo com cada indivíduo. O crescimento é interrompido quando o tratamento é suspenso, e pode ser previsto um retorno ao estado inicial num período de 3 ou 4 meses. O mecanismo de ação preciso é desconhecido. 

Posologia e modo de administração:

Uso cutâneo. Deverá ser aplicada uma dose de 1 ml, duas vezes por dia, sobre o couro cabeludo. A aplicação deve-se iniciar no centro da área a tratar. Respeite a posologia, independentemente da área a tratar. A dose total não deverá exceder os 2 ml. Espalhe o produto, usando as pontas dos dedos, sobre toda a área afetada. Antes e depois de aplicar a solução, lave as mãos cuidadosamente. O cabelo e o couro cabeludo deverão estar completamente secos antes da aplicação da solução. Não aplicar o produto noutra parte do corpo. Até se tornar evidente a estimulação do crescimento do cabelo, poderá ser necessário um tratamento de duas aplicações diárias, durante um período de 2 meses. Alorexyl 50 mg/ml não está recomendado em crianças com idade inferior a 18 anos nem em adultos com mais de 65 anos, devido à ausência de dados de segurança e eficácia. 

De acordo com a legislação em vigor, os medicamentos não sujeitos a receita médica, em Portugal, só podem ser entregues nos concelhos da Maia, Gondomar, Matosinhos, Porto, Santo Tirso, Trofa, Valongo e Vila do Conde. Esta limitação não se aplica a envios para outros Estados Membros da União Europeia.