O nosso website usa cookies para que possamos melhorar sua experiência. Saiba mais sobre os nossos cookies

Aceito
Viabom 50mg 10comprimidos
Viabom 50mg 10comprimidos

Viabom 50mg 10comprimidos

Medicamento não sujeito a receita médica indicado na prevenção e tratamento de náuseas, vómitos e/ou vertigens associados ao enjoo por movimento.

Ref. 9877522
3,95 €
Com IVA

Compre

Portes Grátis para Portugal Continental. Veja as restantes opções:

 Calcular o custo de envio

Descrição

Viabom 50mg é utilizado principalmente na prevenção e tratamento de náuseas, vómitos e/ou vertigens associados ao enjoo por movimento (de automóvel, de comboio, de barco, de avião, etc.). O dimenidrinato é mais eficaz no enjoo por movimento quando é administrado profilacticamente; porém a susceptibilidade para o enjoo por movimento pode variar com a idade do doente, exposição prévia, tipo, severidade e duração do movimento. Pode ser utilizado no tratamento sintomático do enjoo e dos vómitos relacionados com a vertigem.

Substância ativa: Dimenidrinato 50mg.

Posologia e modo de administração:

Comprimidos para administração por via oral. Para a prevenção do enjoo por movimento o dimenidrinato deve ser administrado oralmente 30 minutos antes de começar a viagem. Para a prevenção e tratamento da náusea, vómito e/ou vertigens associadas ao enjoo por movimento a posologia usual administrada oralmente é de: Adultos e crianças com idade superior ou igual a 12 anos - 1 a 2 comprimidos (50 a 100 mg) cada 4-6 horas não excedendo 400 mg em 24 horas. Crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos: 1/2 a 1 comprimido (25 a 50 mg) cada 6-8 horas não excedendo 150 mg em 24 horas; (1,25 mg/Kg de peso corporal, 4 vezes ao dia). Crianças com idades compreendidas entre os 2 e os 6 anos - 1/4 a 1/2 comprimido (12,5 a 25 mg) cada 6-8 horas não excedendo 75 mg em 24 horas. Crianças com idades inferiores a 2 anos - Só pode ser administrado sob estrita supervisão médica.

Contraindicações:

Hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes.

Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico.

De acordo com a legislação em vigor, os medicamentos não sujeitos a receita médica, em Portugal, só podem ser entregues nos concelhos da Maia, Gondomar, Matosinhos, Porto, Santo Tirso, Trofa, Valongo e Vila do Conde. Esta limitação não se aplica a envios para outros Estados Membros da União Europeia.