unknown
Lactulose Sandoz 670mg/ml  Solução Oral 200ml

Lactulose Sandoz 670mg/ml Solução Oral 200ml

Medicamento não sujeito a receita médica indicado no tratamento da obstipação crónica habitual.

5470505
4,50 €
Com IVA
Disponível (100 Itens)
Disponível (100 Itens)
Adicionar à lista de desejos Adicionado à lista de desejos
 Calcular o custo de envio

Lactulose Sandoz 670mg/ml Xarope está indicado no tratamento sintomático da obstipação.

Substâncias ativas: Lactulose.

No cólon, a lactulose é decomposta em ácidos orgânicos de baixo peso molecular. Estes ácidos levam a uma redução do pH no lúmen do cólon e, devido a um efeito osmótico, a um aumento do volume do conteúdo do cólon. Estes efeitos estimulam o peristaltismo do cólon, normalizando a consistência das fezes. A obstipação desaparece, restabelecendo-se o ritmo fisiológico do cólon.

Posologia e modo de administração:

A dose de Lactulose Sandoz deve ser engolida de uma só vez e não deve ser conservada na boca durante um longo período de tempo. A dose de Lactulose Sandoz deve ser ajustada de acordo com as necessidades individuais do doente. No caso de dose única diária, esta deve ser tomada sempre ao mesmo tempo, por ex. durante o pequeno-almoço. Durante o tratamento com laxantes recomenda-se a ingestão de líquidos em quantidade suficiente (1,5 - 2 litros, equivalente a 6 - 8 copos) durante o dia. Dose na obstipação ou situações clínicas em que sejam necessárias fezes moles: A lactulose pode ser administrada como dose única diária ou dividida em duas doses, utilizando o copo-medida.Verificar qual a dose inicial e dose de manutenção no folheto informativo. Após alguns dias a dose inicial pode ser ajustada para a dose de manutenção, de acordo com a resposta ao tratamento. Podem ser necessários vários dias (2-3 dias) de tratamento até se verificar a regularização da defecação.  Dose no pré-coma e coma hepático (apenas para adultos): Dose inicial: 30-45 ml, 3 a 4 vezes por dia. Esta dose pode ser ajustada para a dose de manutenção de modo a que sejam produzidas fezes moles, 2 a 3 vezes por dia. 

Contraindicações:

Hipersensibilidade à(s) substância(s) ativa(s) ou a qualquer dos excipientes. Galactosémia. Obstrução gastrointestinal ou síndromes suboclusivas, perfuração digestiva ou risco de perfuração digestiva, síndromes de dor abdominal de origem indeterminada. 

Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico.

De acordo com a legislação em vigor, os medicamentos não sujeitos a receita médica, em Portugal, só podem ser entregues nos concelhos da Maia, Gondomar, Matosinhos, Porto, Santo Tirso, Trofa, Valongo e Vila do Conde. Esta limitação não se aplica a envios para outros Estados Membros da União Europeia.

Top