O nosso website usa cookies para que possamos melhorar sua experiência. Saiba mais sobre os nossos cookies

Aceito
Hadazin 10mg/g Creme 20g
Hadazin 10mg/g Creme 20g

Hadazin 10mg/g Creme 20g

Medicamento não sujeito a receita médica indicado no tratamento como micoses interdigitais; pitiríase versicolor e dermatite das fraldas. 

Ref. 5716873
3,90 €
Com IVA

Compre

Portes Grátis para Portugal Continental. Veja as restantes opções:

 Calcular o custo de envio

Descrição

Hadazin 10mg/g Creme está indicado no tratamento tópico das seguintes infeções fúngicas da pele provocadas por fungos suscetíveis ao clotrimazol como micoses interdigitais; pitiríase versicolor e dermatite das fraldas. 

Substâncias Ativas: 10mg clotrimazol

Clotrimazol atua contra os fungos, inibindo a síntese do ergosterol. A inibição da síntese do ergosterol induz danos estruturais e funcionais a nível da membrana citoplasmática.

Posologia e modo de administração:

O creme deverá ser aplicado em camada fina, friccionando ligeiramente. Para tratar uma área correspondente à da palma da mão, é geralmente suficiente uma tira de creme (1/2 cm de comprimento) aplicada 2 - 3 vezes por dia. Na dermatite das fraldas, Hadazin creme deverá ser aplicado na zona a tratar, em camada fina, 2 a 3 vezes ao dia. No geral, os sintomas desaparecem após um período de tratamento de: Micoses interdigitais 3 - 4 semanas; Pitiríase versicolor 1 - 3 semanas; Dermatite das fraldas 1 semana (após este período, o tratamento poderá prosseguir quando indicado pelo médico). Para assegurar uma cura completa, o tratamento deverá prosseguir, no caso de Micoses interdigitais e Pitiríase versicolor, durante cerca de duas semanas após desaparecimento dos sintomas subjetivos. Se os sintomas piorarem ou se persistirem para além do tempo sugerido de tratamento, o doente deve ser avaliado e considerada uma terapêutica alternativa.

Contraindicações:

Hipersensibilidade à(s) substância(s) ativa(s) ou a qualquer dos excipientes. 

Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico.

De acordo com a legislação em vigor, os medicamentos não sujeitos a receita médica, em Portugal, só podem ser entregues nos concelhos da Maia, Gondomar, Matosinhos, Porto, Santo Tirso, Trofa, Valongo e Vila do Conde. Esta limitação não se aplica a envios para outros Estados Membros da União Europeia.