unknown
Aspegic 1000 Pó para Solução Oral 20 saquetas

Aspegic 1000mg Pó para Solução Oral 20 saquetas

Medicamento não sujeito a receita médica indicado no tratamento sintomático da febre e/ou dores ligeiras a moderadas. 

8520825
5,90 €
Com IVA
Disponível (965 Itens)
Disponível (965 Itens)
Adicionar à lista de desejos Adicionado à lista de desejos
 Calcular o custo de envio

Aspegic 1000 Pó para Solução Oral está indicado no tratamento sintomático da febre e/ou dores ligeiras a moderadas, em adultos e adolescentes com idades entre os 16 e os 65 anos.

Substância ativa: Acetilsalicilato de lisina 1800 mg (equivalente a 1000 mg de ácido acetilsalicílico).

Posologia e modo de administração:

Devido à eventualidade de ocorrência de síndrome de Reye, não deve ser administrado a crianças com menos de 16 anos, a não ser sob prescrição e estreita vigilância médica. Posologia: Adultos e adolescentes (entre 16 – 65 anos). A posologia recomendada é de 1 saqueta 3 vezes ao dia, com um intervalo mínimo de 4 a 6 horas entre cada toma. A dose máxima diária não deve exceder 3 saquetas. Duração máxima do tratamento: 3 dias (para casos de febre), não mais de 3 a 4 dias (para casos de dor). Este medicamento não é indicado para utilização em adultos com idade superior a 65 anos. Encontram-se disponíveis outras dosagens e formas de ácido acetilsalicílico. Este medicamento não é indicado para utilização em crianças e adolescentes com idade inferior a 16 anos. Insuficientes hepáticos. Não é aconselhada a sua administração nos doentes com insuficiência hepática. Deve ser evitada a administração nos doentes com insuficiência renal. Este medicamento só deverá ser administrado sob prescrição médica. Modo de administração Deitar o conteúdo da saqueta num copo de água, açucarada ou não, sumo de fruta ou leite. Agitar. A dissolução é rápida e completa. Não ingerir bebidas alcoólicas durante o tratamento.

Contraindicações: 

Hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes. Doentes com mastocitose pré-existente nos quais a utilização de ácido acetilsalicílico pode originar reações de hipersensibilidade graves (incluindo choque circulatório com rubor, hipotensão, taquicardia e vómitos); - História de asma induzida induzidas pela administração de acetilsalicilatos ou substâncias com uma ação similar, particularmente anti-inflamatórios não esteróides (AINEs); Terceiro trimestre de gravidez (para além das 24 semanas de gravidez); Úlcera péptica ativa; Qualquer doença hemorrágica constitucional ou adquirida; Risco hemorrágico;  Insuficiência hepática grave; Insuficiência renal grave CrCL < 30 ml/min; - Insuficiência cardíaca grave não controlada; Administração concomitante com metotrexato usado em doses > 15 mg/semana com doses anti-inflamatórias de ácido acetilsalicílico, ou doses analgésicas ou doses antipiréticas. Administração concomitante de anticoagulantes orais com ácido acetilsalicílico usado em doses anti-inflamatórias, ou em doses analgésicas ou antipiréticas e em doentes com história de úlceras gastroduodenais.

Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico.

De acordo com a legislação em vigor, os medicamentos não sujeitos a receita médica, em Portugal, só podem ser entregues nos concelhos da Maia, Gondomar, Matosinhos, Porto, Santo Tirso, Trofa, Valongo e Vila do Conde. Esta limitação não se aplica a envios para outros Estados Membros da União Europeia. 

Top