O nosso website usa cookies para que possamos melhorar sua experiência. Saiba mais sobre os nossos cookies

Aceito
Terbinafina Generis 10mg/g Creme 15g
Terbinafina Generis 10mg/g Creme 15g

Terbinafina Generis 10mg/g Creme 15g

Medicamento não sujeito a receita médica indicado no tratamento local de micoses cutâneas.

Ref. 5399787
3,95 €
Com IVA

Compre

Portes Grátis para Portugal Continental. Veja as restantes opções:

 Calcular o custo de envio

Descrição

Terbinafina Generis 10mg/g Creme está indicado no tratamento de infeções fúngicas da pele causadas por dermatófitos, tais como Trichophyton (ex: T. rubrum, T. mentagrophytes, T. verrucosum, T. violaceum), Microsporum canis e Epidermophyton floccosum. Tratamento de infeções da pele devidas a leveduras principalmente as causadas pelo género candida (ex: Candida albicans). Tratamento da pitiríase (tinea) versicolor causada por Pityrosporum orbiculare (também designado Malassezia furfur). 

Substâncias ativas: 10mg/g de cloridrato de terbinafina. 

Posologia e modo de administração:

Adultos e crianças com mais de 12 anos. Duração e frequência do tratamento: Tinea corporis, tinea cruris: 1 semana, uma vez por dia. Tinea pedis: 1 semana, uma vez por dia. Candidíase cutânea:1 semana, uma ou duas vezes por dia. Pityriasis versicolor: 2 semanas, uma ou duas vezes por dia. A área afetada deve ser limpa e seca completamente antes da aplicação de Terbinafina Generis. O creme deve ser aplicado numa camada fina sobre a pele afetada e área em redor e friccionado suavemente. Nas infeções intertriginosas (ou seja, das pregas submamárias, interdigitais, entre as nádegas e virilhas) a aplicação pode ser coberta com uma gaze, especialmente à noite, antes de deitar. A melhoria dos sintomas clínicos surge geralmente após poucos dias. A utilização irregular ou a interrupção prematura do tratamento acarreta o risco de recaída. Se não houver sinais de melhoria após 2 semanas, o diagnóstico deve ser verificado.

Contraindicações:

Hipersensibilidade à(s) substância(s) ativa(s) ou a qualquer dos excipientes. 

Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico.

De acordo com a legislação em vigor, os medicamentos não sujeitos a receita médica, em Portugal, só podem ser entregues nos concelhos da Maia, Gondomar, Matosinhos, Porto, Santo Tirso, Trofa, Valongo e Vila do Conde. Esta limitação não se aplica a envios para outros Estados Membros da União Europeia.