O nosso website usa cookies para que possamos melhorar sua experiência. Saiba mais sobre os nossos cookies

Aceito
Griponal 20 comprimidos efervescentes
Griponal 20 comprimidos efervescentes

Griponal 20 comprimidos efervescentes

Griponal é indicado em adultos e crianças com idade superior a 12 anos no tratamento da sintomatologia associada a estados gripais e constipações.

Ref. 5472949
9,50 €
Com IVA

Compre

Descrição

Griponal é indicado em adultos e crianças com idade superior a 12 anos no tratamento da sintomatologia associada a estados gripais e constipações.

Substância activa: Cada comprimido contém 4 mg de maleato de clorofenamina e 500 mg de paracetamol.

O paracetamol tem uma marcada ação analgésica e antipirética e a sua segurança e eficácia têm sido intensamente comprovadas. O principal mecanismo de ação do paracetamol é a inibição da síntese de prostaglandinas, ao nível do sistema nervoso central, apresentando igualmente uma capacidade inibitória das enzimas COX.

A clorofeniramina é um anti-histamínico de primeira geração, derivado da propilamina, agonista competitivo dos recetores histamínicos H1, presentes nas células efectoras, que tem uma ação antimuscarínica que conduz à secura das mucosas do trato respiratório. 

  Posologia e modo de administração:

Dissolver um comprimido em meio copo de água e administrar por via oral.

Adultos: a dose habitual é de 1 comprimido, de 8 em 8 ou de 6 em 6 horas (3 ou 4 vezes por dia).

População pediátrica: Em crianças com idade superior a 12 anos a dose habitual é metade da dose recomendada para os adultos.

A segurança e eficácia de Griponal em crianças com idade inferior a 12 anos não foram ainda estabelecidas.

Não exceder a dose máxima de 4 comprimidos por dia, com um intervalo mínimo entre cada toma de 6 horas.

A administração de Griponal está dependente do aparecimento dos primeiros sintomas dolorosos ou febris. À medida que se verifique a melhoria ou desaparecimento dos sintomas reduzir ou suspender a medicação.

Se não se verificar a melhoria ou se os sintomas persistirem após 3 dias de tratamento, deve consultar-se o médico.  

De acordo com a legislação em vigor, os medicamentos não sujeitos a receita médica só podem ser entregues nos concelhos da Maia, Gondomar, Matosinhos, Porto, Santo Tirso, Trofa e Vila do Conde.