O nosso website usa cookies para que possamos melhorar sua experiência. Saiba mais sobre os nossos cookies

Aceito
Nutribén A.R. Pro-Alfa 800g
Nutribén A.R. Pro-Alfa 800g

Nutribén A.R. Pro-Alfa 800g

Indicado para reduzir os sintomas de regurgitação desde o nascimento.

Ref. 6239129
16,99 €
Com IVA

Compre
Para quantidades inferiores a 3 unidades entre em contacto com a farmácia: 22 986 44 11 (chamada para a rede fixa nacional)

A quantidade mínima de encomenda deste produto é 3.

Portes Grátis para Portugal Continental. Veja as restantes opções:

 Calcular o custo de envio

Descrição

Nutribén A.R. Pro-Alfa é um alimento completo, indicado especialmente para a satisfação das necessidades nutricionais de lactentes, desde o nascimento, que tenham regurgitação e/ou refluxo gastro-esofágico, devido ao seu conteúdo em goma de semente de alfarroba.

Características:

  • Enriquecido com alfa-lactoalbumina, que promove um baixo teor proteico: 1,3g/100ml, evitando a sobrecarga renal.
  • Único com relação caseína:seroproteína 40:60.
  • Rápido esvaziamento gástrico.
  • Único sem óleo de palma.
  • Com goma de semente de alfarroba – eficaz ao espessar no estômago.
  • Enriquecido com nucleótidos, que favorecem o desenvolvimento do sistema imunitário do bebé e a maturação do trato gastrointestinal.
  • Contém galacto-oligossacáridos (GOS), oligossacáridos presentes no leite materno que proporcionam os seguintes benefícios: favorecem o crescimento de uma flora intestinal saudável por terem efeito prebiótico, melhoram o trânsito intestinal devido ao seu efeito de fibra dietética e reforçam o sistema imunitário.
  • Com ácidos gordos polinsaturados de cadeia longa (LC-PUFAs: AA e DHA), que intervêm no correto desenvolvimento cognitivo, do sistema nervoso central e da retina do bebé.

Conselhos de utilização:

O leite materno é o melhor alimento para o lactente. Nutribén® A.R. PRO-ɑ destina-se a substituir o leite materno quando o aleitamento não é possível. É adequado para ser consumido como a única fonte de alimento. Deve seguir-se o conselho do profissional de saúde competente.

Também poderá gostar